01.12.2012

Fera

Sorrio...
a despeito dos perdões não dados,
dos amores não correspondidos,
da tristeza da espera,
da ilusão da ânsia,
do consolo da esperança,
de todas as dores sofridas.

E Choro...
cada lágrima que cai me alimenta
de água salgada, salobra......

Please reload

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Poesias e Contos