01.10.2014

VRIKSHÁSANA

Repouso minha cabeça em teus ombros de madeira.
Me cubro com teu manto de folhas envelhecidas.
Respiro teu aroma de tantas vidas
e desperto aqui
na Terra prometida.

Longe
onde,
idas e vindas,
finda
o pensamento.

Meus pés penetram o solo,
me moldo ao vento,
...

Please reload

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Poesias e Contos