01.09.2015

Escrevo

Escrevo para fugir da morte,
para não depender da sorte,
ou do sucesso que alimenta os egos.

Retorno sempre ao papel,
caneta, lápis ou pincel.
Escrevo, desenho ou pinto,
o que me foi dado como destino.

Tento unir o futuro ao passado,
Escrevo para restaurar
os...

Please reload

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Poesias e Contos