01.10.2015

Bailarinas de cerâmica

Neste palco de papel opaco, 

rodopiam bailarinas de cerâmica.

Paciente, espero o fim da dança,

anunciado pelo tilintar dos passos.

Executo meu ofício, recolhendo os cacos.

Lá fora, o homem guarda a chuva,

escurecendo o dia com sua sombrinha.
Aqui, apago...

Please reload

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Poesias e Contos