08.02.2017

Lindo com o Belo,

Esplendoroso de tão maravilhoso,

Excelente por ser delicado,

Ora amado, ora odiado,

Péssimo de tão grosseiro,

Sujo por ser asqueroso,

Tão feio quanto horroroso,

Bipolar, mas inteiro!

08.02.2017

Por sua culpa, 

Adquiri alergia aos papéis amarelados,

Às gavetas dos arquivos

E aos carpetes mofados.

Tenho medo das cadeiras das salas-de-espera,

Dos corredores escuros

E das portas entreabertas.

Evito areia movediça,

Conversa escorregadia

E a sede da justiça.

Não confio mais...

08.02.2017

Como eu queria que toda rua fosse Da Alegria, Da Amizade ou Da União. 

Que as ruas não fossem jamais Da soledade ou Da Angustura.  

Que toda Aurora fosse Do Sol.

Que a rua Da Luta se tornasse enfim Da Vitória ou Da Glória.

É que, Do Alto da Saudade, lembro de quando as rua...

Please reload

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo

Poesias e Contos