Janeiro 2014

January 1, 2014

Escolha

Incomodo

 

uma ânsia no estomago

dor de cabeça

fadiga

gula

tristeza

 

Insônia

o corpo pesa 

a cabeça desperta

os dentes rangem

me viro 

e viro e viro

 

E vem o sol

e vem a lua

e vem a chuva

e vem a rua

e o movimento

e vãs pensamentos

 

Até que num soluço

num choro

num grito

num relaxar dos ombros

o alívio

 

da escolha.

 

Azul

Azul
Claro
Amado
Azul
Inteiro
Sem pausas
Azul
Infinitamente blue
Ou yellow

Azul
De sol
Amarelo
Azul
Branco
Do Vento

Azul
Suspenso
Pinta meu corpo
Adormece os pensamentos.

 

Perdido

Às vezes a gente se perde
e fica procurando...
uma miragem no horizonte,
um vulto num piscar de olhos,
o estremecer  da pele
ao sentir a própria ausência.

Nada,
em lugar nenhum estamos
nem em mim, nem em ti,
nem no outro, nem no sopro.

E o tempo
não sabe o que é tempo
não conhece o passar das horas
dos dias, dos meses...dos anos.

E num certo momento impreciso
entre uma dúvida e outra
na incerteza das probabilidades
posso me reencontrar...

no mesmo lugar,
na mesma idade.

Please reload

Posts Recentes

09.12.2016

09.12.2016

Please reload

Arquivo
Please reload